Mais um dia de alerta amarelo, carregado de chuve e de vento e  sem  possibilidades de trabalhar na rua, não é novidade na primavera aqui.

Partiu-se a correia de distribuição no meu carro e é nestas alturas que os custos da insularidade se notam mais,  nenhum dos muito poucos mecânicos capazes de fazer a reparação em condições tem disponiblidade tão cedo, entre outra coisas por causa das inspecções.

Aqui não há inspecções automóveis permanentes, duas ou no máximo três vezes por ano abrem aquilo durante uma semana e toda a a gente vai nessa altura, os mecânicos não têm mãos a medir. A juntar a isso há o problema das peças, os stocks são pequenos e quando é precisa uma peça que não há, entre pedir, pagar a receber vai na melhor das hipóteses uma semana, pode levar meses.  Estou por isso com uma estimativa de mês e meio sem carro, e até me conseguia desenrascar, com boleias e favores, se não fossem as ovelhas que tenho em freguesias diferentes, meia dúzia a 5kms e outra dúzia mais a “creche” a 10kms, e tenho que lá ir regularmente.

Um aparte para falar das ovelhas , que estão de boa saúde, estas são as que estão aqui à porta, uma delas para parir entretanto

53909753_10157086358600477_531990686690443264_n

Isto das ovelhas, claro está, tem recompensas muito para além do lucro  que eventualmente um dia virei a ter com elas . Uma das ovelhas da Costa estava a coxear e em sofrimento , fui ver e tinha uma ferida enorme no casco, já a supurar. Durante duas semanas ia lá quase dia sim dia não, separava-a das outras e fazia-lhe o curativo, e recuperou. Vê-la agora a correr toda contente é uma dessas recompensas, faz-me sentir bem.

Por isso preciso de as ir acompanhando e por isso o transporte me faz tanta falta, aluguei uma motoreta a um amigo que sempre dá para desenrascar, mas em dias como hoje não, não tenho o estofo do meu vizinho de perto de 70 anos, que esteja como estiver todos os dias vai na sua moto de caixa dar a volta aos vários sítios onde tem as suas vacas. Nunca me esqueço disso porque ouço a motoreta  todos os dias, muitas vezes de madrugada , às vezes debaixo de temporais, e fico sempre impressionado.

O palpite para o orçamento da reparação do carro é maior que o valor comercial do carro, mas não vou ter outro remédio senão repará-lo porque com esse dinheiro não encontro nada sequer parecido. Qualquer carro em segunda mão comprado no continente acresce automaticamente ao preço uma viagem para o ir ver, negociar e levar ao transitário e 600€ de transporte para cá, ou seja, se encontrasse no olx um carro impecável para mim por, vá, dois mil euros , na realidade seriam três mil. Por isso o velho mégane vai continuar, vou aproveitar enquanto o tenho parado para lhe dar uma grande limpeza e tratar os muito pontos de ferrugem que vão aparecendo.

Noutra “frente”, começou a época dos botes baleeiros, este ano não só sou o oficial de um deles como faço parte da direcção do clube, coisa que espero não vir a lamentar muito. O associativismo é um mundo em si, que comporta todas as características do país em geral e pode ser muito difícil. Não tenho ilusões de espécie nenhuma , o meu objectivo e expectativa para o clube é só conseguir mantê-lo em funcionamento, trazê-lo para  a legalidade estatutária, manter os dois botes a navegar e trabalhar para o regresso da vela ligeira.E já é muita coisa.

No Mundo para lá deste mar, milhares de notícias e acontecimentos e eu com cada vez menos vontade de lhes ligar.  Gostei de ver o Assange a ser preso, ele é um dos muitos exemplos de boas intenções que atravancam o inferno e por mais meritório que pudesse ser o seu “trabalho”, é uma pessoa execrável, que se crê predestinada, de um narcisismo, obsessão e paranóia de níveis clínicos, não é nada o género de pessoa que eu queria ver a decidir sobre quem vê que informação.

Isto porque eu não acredito num mundo sem segredos e muito menos na sua divulgação quase indiscriminada. Um jornalista recolhe e divulga  informação , um “whistleblower” divulga informação de uma organização da qual faz parte , um hacker rouba informação de alvos específicos. Apesar de chamarem muitas coisas ao Assange para mim ele era um simples hacker e troll que raramente media as consequências da informação divulgada. Não lhe terá ocorrido , só para dar um exemplo, que divulgar documentos relativos à oposição turca ia expôr a identidade dos opositiores da ditadura do Erdogan e contribuir para mandar dezenas deles para a cadeia.

Também acho uma certa piada ao crédito que lhe dão por expôr a hipocrisia e mentiras dos políticos e a brutalidade da guerra, deve ter sido muito elucidativo para todos aqueles, tenho a certeza que são muitos, que acreditavam que os políticos não eram hipocritas que mentem frequentemente e que há guerras sem atrocidades, até vir a wikileaks.

E agora vou voltar ao meu projecto para hoje, arranjar maneira de ver o primeiro episódio da última série da Guerra dos Tronos online.

 

 

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s