Início » Uncategorized » De saída

De saída

Tenho voo para Lisboa na quinta feira e ando angustiado com o tempo, a previsão não me deixa descansado quanto à hipótese de o avião cancelar. Se o voo cancela encrava-me a vida toda a começar pela ligação para a Croácia no outro dia, esperemos que haja uma aberta e que os pilotos da SATA sejam competentes e destemidos como de costume.

Os últimos dias têm sido cheios, não só tenho as ovelhas todas para distribuir pelas pastagens como organizar quem me olhe por elas por quinze dias, e tenho também os jardins que tiveram que levar um avanço para não estarem uma selva quando regressar. A tempestade Helene deitou-me uma arvore abaixo, que por sua vez fez cair um muro, e destruiu-me metade da minha plantação de milho ( 4 pés ) dando-me assim trabalho extra que era coisa que não precisava . Trabalho com o muro e a arvore, o milho é uma brincadeira.

Restam-me dois dias de trabalho no restaurante, foi a coisa mais difícil que já fiz a vida toda, e já fiz muita coisa e tive muito emprego. Concluí que de tudo, o pior era todos os dias às seis não só pegar ao serviço como estar apresentável, ou o que a sociedade convencionou ser “apresentável”. Ora, das melhores coisas da minha vida aqui é que posso andar SEMPRE como me apetece e como estou à vontade, e isso era incompatível com servir a mesas num restaurante. Roupas limpas e pouco puídas, barba aparada,cabelo lavado e penteado e detalhes como certificar-me de que tinha as unhas limpinhas . Isto enervava-me bastante, não gosto de andar andrajoso nem sujo mas trabalho bastante na terra e com os animais e não sigo exactamente as regras urbanas de aparência, só faltam mais dois dias e é reposta a normalidade.

Foi uma experiência interessante, vi muita gente, gente demais. Vi que um cliente carrancudo e antipático pode deixar uma boa gorjeta e um cliente efusivo, a simpatia em pessoa e cheio de elogios nem sequer arredonda o troco, acho piada.  Todos os dias repeti o ritual de dar o vinho a provar, 99,9% das pessoas provava com a atitude de quem está a fazer os movimentos e não tem ideia nenhuma de mandar nada para trás, em 4 meses só um, um espanhol gordo que tinha escrito  glutão gastrónomo no corpo todo é que provou o vinho  vendo-se nitidamente que sabia o que estava a fazer.

Achei graça a perpetuar os papéis de género servindo sempre as senhoras primeiro e perguntava-me se as capazes e afins não têm nenhuma campanha em vista contra esta desigualdade flagrante.

Não achei graça nenhuma aos paizinhos sem mão nos filhos que nem sequer reparam que os seus rebentos estão a incomodar os restantes clientes, vi faltas de respeito gritantes, a última anteontem. Um grupo de portugueses tinha 4 crianças, estavam mais duas holandesas e soltou-se ali o diabo, foi confrangedor a ponto de outros clientes pedirem para mudar de mesa. Só então os papás se lembraram de pedir , atenção,  pedir aos meninos que fizessem menos barulho. A questão é que as pessoas com crianças estão tão habituadas a viver com aquele zumbido e algazarra como ruído de fundo que já nem notam, para eles os gritos e choros e confusão são o normal e não conseguem perceber que para os outros todos é muito incomodativo. Uma vergonha.

Ainda sobre as gorjetas, queria dizer que não acho que ninguém é obrigado a pagar mais do que a conta, e quando vivia nos EUA tive algumas discussões com a namorada por abominar a cultura da gorjeta obrigatória  (para ela 15% era mandatório em tudo) , mas também acho que arredondar o troco fica sempre bem. Se fomos bem servidos (e até o dizemos) podemos bem deixar os 30 cêntimos de troco.

E pronto, está feito.

Agora é fazer o saco de viagem , dar uma varredela à casa, deixar as instruções escritas para as pessoas que me vão olhar pelos animais e esperar uma aberta boa para levantar voo na quinta feira. Devia estar entusiasmadíssmo por voltar a Split, rever um dos meus barcos favoritos e ir navegar com dois velhos amigos mas é o costume dos últimos anos : vou a preocupar-me com o que fica aqui.

Estou radiante por o Verão ter chegado ao fim e estou muito optimista para este Inverno.

Anúncios

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s