Tenho passado o Verão todo a trabalhar todos os dias  e no fim deste mês vou levar um veleiro da Croácia para a Turquia, por isso estava a antecipar um Inverno muito tranquilo com as poupanças feitas, mas como sou um gajo muito racional comprei antes 23 ovelhas, para juntar às 12 que já tenho, estas são as primeiras 15.

thumbnail_IMG-0199

Eram de um amigo meu francês que cá vive há uns bons 30 anos. Vendeu a sua propriedade e também queria vender as ovelhas. Propôs-me comprá-las e, com o acordo dos novos proprietários das terras, continuar a usar as pastagens, e assim estas 15 ovelhas vêm com o uso de mais de 10 alqueires de relvas, perto de um hectare, espalhado por cinco parcelas.

Mas não é um hectare qualquer, é um hectare na Costa do Lajedo, basta ver a foto para se ter uma ideia da beleza do sítio. Um médico alemão reformado comprou e continua a comprar tudo quanto consegue ali, até ao mar, e já negociou com outros lavradores acordos semelhantes ao meu, vendem-lhe a terra e continuam a usá-la.  Fica toda a gente satisfeita, o alemão sem vizinhos e os lavradores com o uso das terras e com um capital que entra.

Já para o lado oposto do concelho “apareceu-me” outra oportunidade semelhante, outra propriedade de veraneantes estrangeiros que compreende uma terra de cerca de 600m2 e que estava brava, sai-lhes mais barato deixarem-me ter lá ovelhas e ocupar-me da terra do que periodicamente pagarem a alguém para limpar aquilo, e assim fiquei com espaço para mais algumas. Isto não são decisões economicamente racionais da minha parte, mas nesta coisa da criação das ovelhas há uma parte estética muito grande e uma coisa que se não é uma paixão é um gosto grande pela actividade e tudo o que a rodeia. Deixo aqui esta reportagem magnífica sobre cães pastores e criação de ovelhas no País de Gales, achei lindo.


<p><a href=”https://vimeo.com/21588266″>Graines de champions</a> from <a href=”https://vimeo.com/user6429190″>Asscot</a&gt; on <a href=”https://vimeo.com”>Vimeo</a&gt;.</p>

Com isto tudo vou ficar com 35 ovelhas espalhadas por 3 freguesias, dia 27 vou-me embora por 15 dias e alguém vai ter que se ocupar delas…e do cão. Nestes 15 dias vou ter muito mais ainda que fazer e organizar, o tempo passa muito depressa.

Estou a atingir o ponto de saturação com os turistas mas é só porque trabalho todas as noites no restaurante, fora disso vejo um ou outro de vez em quando e não me incomodam nada. Agora que penso nisso “vejo um ou outro de vez em quando” pode-se aplicar a pessoas em geral na minha vida, especialmente no Inverno, que está a chegar.

 

PS : O SCP elegeu um novo presidente ontem, não sei se é o voltar de uma página negra da história ou se é mais um passo na degradação e  venda do clube. Só sei que ver o Varandas como presidente no culminar desta palhaçada toda foi  para mim um desses “virar de página” : de adepto fervoroso passei a simpatizante distante.

 

 

 

Anúncios

One thought on “

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s