Início » Açores » Campanha Eleitoral

Campanha Eleitoral

O cão deu sinal de movimento na canada, era uma caravana de campanha eleitoral que me visitava. Uma dúzia de pessoas, todas conhecidas, com T-shirts iguais e bandeiras . Tiveram que ficar em fila indiana porque na canada só passa  uma pessoa de cada vez.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

À frente vinha o ex presidente da junta novamente candidato nestas eleições. Agradeci, genuínamente, a consideração. Era a lista toda que se andava a apresentar aos eleitores , é um verdadeiro acto de democracia e cidadania que  não se reduz a entregar panfletos e debitar banalidades. Nestes encontros à porta das casas não só  as pessoas apontam os seus problemas práticos num instante e como o fazem a pessoas que se encontram todos os dias, é tudo vizinho, logo, mais responsabilizado.

O candidato disse que ia voltar a falar comigo sem ser em caravana,sobre o projecto para a junta, fiquei contente só de saber que há um projecto. Prefiro sempre algúem com um projecto a alguém sem projecto nenhum. O outro candidato tinha falado comigo , também é meu conhecido, mas tem mais dificuldades na parte do projecto. Agora fico à espera de receber  uma visita dele com a sua caravana de campanha. Se ele não vier ,  e depois me perguntar alguma coisa digo que não votei nele porque não me foi lá visitar para falar sobre as grandes opções de desenvolvimento  que ele envisiona para a freguesia, quais os eixos estruturantes para o seu mandato e em que me medida é que acha que a influência externa vai condicionar a actuação da junta nos próximos anos. Ainda não conheço o programa mas tenho a certeza que uma freguesia melhor faz parte dele.

Já passei por câmaras  de partidos diferentes e nunca tive razões de queixa nenhumas, de uns ou de outros. As grandes opções são uma discussão aparte, mas na relação autarquia-munícipe, sempre foram todos impecáveis comigo. Tem muito a ver com a acessibilidade,  aqui  conseguimos falar rapidamente com  a pessoa relevante , se o pedido ou requerimento for normal e justificado, a coisa faz-se sem se acumular aquela frustração que desencoraja e irrita as pessoas dos grandes centros urbanos às quais tudo demora horas e dias , só para chegarem ao edifício da Câmara é uma hora .

Outra coisa que facilita a minha relação com a administração e os serviços é que começo sempre perguntar o que é que é preciso para fazer X ou obter Y e nunca teço considerações sobre o que eu acho que devia ser preciso ou o que é que é preciso noutros sítios. Há muitas pessoas que acham não só que o funcionário está  interessado na sua opinião sobre a organização e funcionamento do Estado em geral e  do seu trabalho em particular como acreditam que transmitir essas mesmas opiniões e sugestões  ao funcionário vai fazer o seu caso avançar. Claro que a única coisa que isso gera é má disposição, isso sim já interfere no caso, mas não para o fazer avançar. Ou se pode fazer ou não se pode fazer, não há  intermédios e  perder  tempo, nosso e dos outros, a discutir universos paralelos onde as coisas são como deviam ser  e a lembrar as injustiças estruturais do nosso sistema  não ajuda muito.

A Câmara faz  e sempre fez coisas como  levar uma carrada de areia ou ceder o uso de uma ferramenta ou máquina pesada , serviços a todos os que o peçam, dentro do razoável. A junta tem menos meios e competências mas à   nova administração, seja a que for, vou pedir que me espalhem umas carradas de bagacina na entrada da canada, ou mesmo na canada toda se houver entusiasmo,  e que me emprestem o bobcat e respectivo operador para nivelar uma terra e cavar umas fundações. Como pedido público,  que empreguem  mais pessoal a mondar e limpar os trilhos e as ribeiras. Os trilhos têm que ser mantidos para que mesmo os turistas menos àgeis possam por lá andar contentes, e há aí umas ribeiras que em vindo uma carga de àgua dessas tipo Harvey iam forçosamente começar a sair do leito em vários pontos.É inevitável mas pode ser mais controlado, ou menos descontrolado. Só nas ribeiras que correm pelo meio da freguesia têm anos de trabalho se é para as limpar mesmo bem até ao mar e é daqueles trabalhos de que a maior parte das pessoas só se lembra quando há uma desgraça ao pé de uma ribeira. O meu grau de precupação com  isto é função da distância da minha casa à ribeira mais  próxima, e não é  muito alto  mas ainda que não pareça eu não me  preocupo só comigo próprio.

Também encontrei noutro dia o presidente da câmara,passou pelo bar do porto  numa acção de campanha. Quando ele entrou com a vereadora passámos a 5 pessoas no bar, e a empregada. A imprensa, inexplicavelmente, não apareceu. Conheço o presidente desde que  pôs o chip no meu cão, ainda não era presidente. Disse-lhe que votava nele, ele pareceu surpreendido e  perguntou-me se eu votava cá, disse-lhe que  já tinha votado cá nas últimas eleições, e contra ele,  mas desta vez voto nele. Fiz questão de clarificar que o meu voto era nele pessoalmente e não no seu partido. Vale o que vale , ou seja , o mesmo, um voto. Bebeu a que devia ser uma de muitas àgua das pedras do dia , eu aceitei uma mini , falámos um bocado do Clube Naval e ele lá seguiu para o próximo compromisso de campanha, foi misturar-se com a multidão de cerca de quatro pessoas que passava cá fora, saudou uma pessoa que estava na esplanada e dirigiu-se ao carro. Passou mais um carro ou dois e a tarde acalmou. Já houve comícios de campanha , e festas onde o eleitor é assegurado e encorajado nas suas convicções políticas por meio de discursos, jantares e bar aberto, argumentos que, de um determinado ponto de vista, são fortes.

Não há sondagens publicadas sobre as intenções de voto aqui na autarquia, por estranho que pareça. A minha previsão é dos cerca de 700 eleitores inscritos vão votar uns 400 , 230 para uns , 170 para os outros.

 

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s