Início » Uncategorized » Casamento

Casamento

Este fim de semana tenho um casamento, evento que felizmente não me aparece na agenda há uns bons 10 anos.Por um lado por já ter passado a revoada de matrimónios da minha geração, do meu círculo quem era para casar de cerimónia e grande festa já o fez há muito tempo. Por outro porque passei grande parte do tempo fora do país  e agora é bem claro que ir daqui para o continente para um casamento é improvável. Os dois ou três amigos que mereceriam o esforço, não os vejo de maneira nenhuma a caminhar para lá, os meus sobrinhos estão a décadas dessa possibilidade e o mais velho tem mais juízo do que isso, a ser também não está para breve. Há outra razão, é sabido que fazer-se parte de um casal aumenta em pelo menos 50% a probabilidade de se ser convidado para coisas.

Uma das razões pelas quais me agrada não ter que participar em cerimónias e banquetes é que isso me ia obrigar a comprar roupa apropriada, mesmo que não fosse um fraque nem uma coisa muito cara envolvia sempre peças de roupa que eu só ia usar nesse dia. Se me convidam para uma cerimónia em que toda a gente vai “bem vestida” não me agrada aparecer de calças de ganga e t-shirt. Há ocasiões em que o conformismo me parece ser a atitude certa.

Por isso estou contente pelas características deste casamento no Sábado, em termos de vestuário, basta-me escolher roupa limpa e “recente”  (tenho peças de roupa que visto há 25 anos e no outro dia reparei num par de meias remendado pela minha avó, que já morreu há quase 20)  e estou à vontade. Nem o casamento envolve igrejas nem os convidados são pessoas de formalidades e toilettes vistosas e caras. Também a minha prenda, duas caixas de Ovelha Negra que vão ser consumidas ali, vai ser adequada. Ainda pensei em oferecer uma ovelha mesmo  mas isso já era mais generosidade do que me é possível  ter nesta altura.

Os noivos são franceses, ela mora cá há muitos anos , já cá teve duas filhas , em casa (as últimas crianças nascidas nesta ilha) e tem muitos amigos entre os naturais e os estrangeiros.Ele mora cá há menos tempo e é o pai da filha mais pequena, são 4 filhos ao todo. Não é uma família tradicional nem convencional mas é das mais bonitas que conheço e das que “funciona” melhor, e eu passo algum  tempo com eles, somos bastante amigos. Já conhecia os dois últimos companheiros da C, este  é uma melhoria vastíssima e espero bem que,como tudo indica, a sequência esteja encerrada.  Ainda não percebi muito bem quais as razões que os levam a querer formalizar a união  perante o Estado português, deve ter a ver com as crianças e os impostos, não me interessam os detalhes mas sei que os solteiros têm desvantagens quando toca a lidar com o Estado e os bancos e de qualquer maneira é sempre uma bela razão para uma festa.

 

Anúncios

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s