Início » America » Mais coisas estúpidas

Mais coisas estúpidas

Quero clarificar que o que escrevi no último post sobre a origem e desenvolvimento de um “movimento anti vacinas”  refere-se muito mais à realidade norte americana do que à nossa, felizmente , e tanto quanto sei , aqui não há “celebridades” a fazer campanha contra as vacinas nem nenhum “movimento”, como lá. Infelizmente  não deixei isso claro na altura. Ontem foi dia de polémica e discussão a fundo sobre vacinas pelas “redes sociais”, o que é muito saudável porque em agregado as pessoas vão tomar decisões mais informadas, mesmo se uma parte do debate tenha sido o Correio da Manhã a publicar fotos da jovem que morreu , na praia. Não há muitos comentários a fazer a jornalismo assim.

Retomo o tema da estupidez  para trazer outro dado interessante para nos fazer reflectir um pouco.É sabido que na política permitimos e deixamos passar  coisas a governantes que apoiamos ou aprovamos que nunca faríamos aos adversários. Acho que mesmo os socialistas nacionais concordam que muitas coisas que fazem hoje no governo eram inadmissíveis com o anterior governo e mesmo o público parece que já não se importa muito com coisas que o angustiavam e indignavam ainda há dois anos. Isto não é necessariamente estupidez mas a meu ver anda perto. Peço a vossa atenção para este gráfico, que descreve a evolução do apoio do público americano aos bombardeamentos na Síria :

C9QcIKpV0AEuOHz

Será que se pode olhar para isto e  concluir que os republicanos são mais estúpidos que os democratas ?

Outra coisa interessante , tristemente interessante , a situação na Venezuela. Todos os dias vejo as capas dos jornais nacionais e hoje , depois de anos de desgoverno e tragédias várias , finalmente a Venezuela chegou às capas dos diários. Na televisão felizmente não faço ideia de como é a cobertura do tema. É preciso haver centenas de milhar nas ruas e gente a morrer , em confrontos ou por fome e falta de cuidados, para que jornalismo nacional se comece a interrogar sobre o que está a correr mal. Isto tem uma relação muito estreita com a estupidez , tal como tentar  explicar a crise venezuelana com a queda dos preços do petróleo. Voltarei ao assunto.

Agradeço a quem me lembra de que a melhor maneira de debater e marcar um ponto não é chamar estúpido aos outros. É verdade, não é  a melhor nem é a que mostra mais educação ou conhecimento. Se eu fosse jornalista , comentador profissional ou político nunca chamaria estúpido a quem tem opiniões que eu considero estúpidas. Como não sou nada disso nem estou aqui para convencer pessoas , vender coisas ou fazer amigos , vou continuar a dizer que acho estúpidas as coisas que acho estúpidas.

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s