Início » Política » Por falar em Presidentes

Por falar em Presidentes

O que vale é que o nosso Presidente é comandante de umas Forças Armadas pequeninas e não estamos envolvidos em conflitos internacionais a menos que seja para dizer que  concordamos com os nossos aliados e fazemos o que podemos. Não tem nas mãos tratados de comércio internacional que afectam a vida de biliões de pessoas , decisões sobre política macroeconómica nem nomeações para o sistema de justiça.

Por isso por cá o Presidente só tem a fazer uma de 3 coisas possíveis :

  • Opor-se ao governo ,  activa ou passivamente .
  • Manter-se neutro , ser ponto de  equilíbrio entre oposição e governo  e focar o discurso e a acção em temas  consensuais , tendo sempre cuidado de fiscalizar e explicar muito bem  quaisquer vetos.
  • Apoiar o governo , activa ou passivamente.

O prof Marcelo escolheu a terceira opção , é seu direito e prerrogativa. Escolheu apoiar o governo  e fá-lo espalhando bonomia  , exaltando tudo o que de bom tem Portugal e evitando  abordar criticamente temas estruturais como o peso do Estado na economia ou mesmo coisas práticas como as contradições entre a maioria parlamentar.Nos números , coisas de pouco significado tipo juros da dívida ou crescimento do PIB , está tudo bem. É normal.

Parece-me que houve muitas pessoas que votaram no prof Marcelo porque tinham sido levadas a crer que o homem era uma pessoa de direita, até porque havia aquela questão de ele ter sido líder do PSD , um eleitor pode ser perdoado se pensar que ele tinha alguma afinidade com esse partido e procuraria se não avançar a causa , pelo menos não a enterrar mais. Nada disso , os eleitores ganharam um presidente perfeitamente à vontade com um governo de esquerda sustentado por comunistas e troskistas que tudo fará para os manter lá , chama-se estabilidade e é um valor a estimar , especialmente quando a nossa posição depende de que as coisas não mudem.

Depois de um ano desta  presidência  e de demasiados momentos  embaraçosos e confrangedores (aparecer  na “flash interview” da Sport Tv a comentar um empate nuns  quartos de final ) e outros de encolher os ombros tipo o abraço ao sem abrigo , estou bem contente por ter votado Henrique Neto . Não serviu de nada mas não me pesa a consciência . Temos um  mestre do superfícial e vazio  , capaz de entreter  e agradar audiências sempre com a frase talhada para o público do momento e manter noticiários cheios de faits divers  fofinhos e declarações sérias e perfeitamente inúteis sobre o Médio Oriente ou os refugiados.

Quanto ao tratamento que dá à oposição , ao que parece o Presidente não grama o Passos e por isso não há apoio possível. Parece-me que um Presidente deve ter interesse numa oposição forte , até porque esta oposição por acaso até ganhou as eleições , mas pronto, fez a sua escolha e a sua birra, só dá crédito ao PSD com outro líder .

Há dois danos  que o Presidente já está a causar , um é o ajudar a espalhar a noção de que a situação económica do país não é grave e de que este governo tem um plano exequível e sabe o que anda a fazer , pelo que quando a coisa rebentar vai estar na primeira linha a culpar o BCE , Bruxelas, Brexit , Trump e seja lá mais o que for que permita casar a culpa com outro qualquer , longe.  O segundo é precisamente esse dia , ou dias , ou meses , em que as finanças vão abaixo outra vez e é bem possível que os anos da troika sejam relembrados com saudade. Aí convinha ter um presidente que não ajudasse só com abraços que nos confortam mas com  força , ideias e liderança para aguentar isto e nos fazer continuar . Talvez me engane mas não vejo o Marcelo capaz disso.

Por outro lado , um homem que dança com os ranchos , veste qualquer farpela  e faz qualquer figura , fala sorridente com vendedoras na praça e abraça convincentemente um sem abrigo mas também é capaz de conviver civilizadamente com chefes de Estado e é , tudo me leva a crer , uma pessoa de bom carácter , talvez seja mesmo o que precisamos como país ,  um presidente que ande a falar e confortar as pessoas mesmo sem dizer nada nem fazer mais nada.

Anúncios

One thought on “Por falar em Presidentes

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s