Início » Política » America is Great

America is Great

Tenho para mim que a principal razão pela qual as sondagens mais uma vez se enganaram em grande é que muitas pessoas tiveram  vergonha de admitir que iam votar Trump. Não digo isto de cor ou por ter lido , digo-o baseado em pessoas que conheço e alguns amigos que votaram Trump  e em conversas que tive com vários “indecisos”, daqueles que começavam por dizer que ambos os candidatos eram péssimos e que , reconhecendo as faltas do Trump , hesitavam em declarar-lhe  o apoio . No fundo já estavam decididos mas não o admitiam.

Como se provou , nos círculos intelectuais , dos media , do entertenimento ,  sofisticação e modernidade , apoiar o Trump era declarar-se um labrego racista , e poucas pessoas estão para isso. Alguns desses amigos e conhecidos meus que votaram nele estão muito longe de ser estúpidos ou desinformados e hoje , após o facto , a imprensa transborda de análises às razões que levaram as pessoas a votar neste homem, tornando-se insensíveis às suas falhas clamorosas e notórias. Essas análises , todas válidas, tinham dado jeito era há 6 meses , nas mãos dos partidos americanos , quando ainda podiam fazer alguma coisa, não era hoje na imprensa mundial a lamentar o desastre.

O voto contra o “sistema” foi capturado em pleno pelo Trump, especialmente porque a adversária era o próprio  sistema em forma de gente , a mim o que me vai continuar a confundir por muito tempo é como é que as pessoas confiaram precisamente naquele gajo para reformar o sistema para melhor. É claro que o muro da fronteira e a interdição de muçulmanos , por exemplo , vão ser memórias de campanha mas mesmo que ele renegasse todas as promessas a questão prende-se mais com o carácter, passado e personalidade dele do que outra coisa . Tinha uma pequena esperança de que para as mulheres fosse uma coisa importante , não só ver a primeira mulher presidente mas impedir um javardo machista de ser presidente , mas não. Votaram em massa nele , de todos os estratos , mostrando que a solidariedade de género tem muitos limites. Pensava que depois do que se se viu e ouviu e se sabe daquele homem e do modo como se relaciona com as mulheres criar-se-ia nestas uma repugnância  que se ia notar nos votos. Nada , esquecia-me de que há milhões de mulheres que adoram gajos como o Trump.  Um homem assim não devia poder representar  e liderar nenhum país , quanto mais os Estados Unidos da América. foi um dia triste.

O que se pode ver de positivo nisto é que há uma saída ,  aquilo é uma democracia e o Presidente não pode começar a fazer isto aquilo a seu bel prazer , mesmo que agora o Congresso e o Senado sejam Republicanos há muitos mecanismos de controlo e verificação do Presidente. Há uma oposição vasta , livre e poderosa, que se há-de organizar . E depois haverá a vontade das pessoas e eleições daqui a quatro anos. Espera-se que o homem sofra uma metamorfose , costuma acontecer aquando da ascensão ao poder , o que faz campanha não é o mesmo que governa . Não vi ou li rigorosamente nada até agora que me faça sequer conceder que há uma hipótese de o Trump , no fundo , ser um homem ponderado e justo que tem uma visão de uma América melhor para todos os Americanos e um plano para lá chegar.

Como Europeu  o que me inquieta mais é a posição dele sobre comércio externo e sobre a NATO. Eu acredito no comércio livre , naturalmente não livre à balda mas o mais livre possível , e se uma nação como os EUA se retrai e fecha , tudo sofre. Lembrar que vendemos muita coisa para lá e recebemos muitos turistas. Cai o dólar,  isto quebra ,  e aplica-se a grande parte da Europa. Quanto à NATO , o Trump pôs em causa num discurso o Artigo 5 , aquele que diz que uma agressão a um estado membro é uma agressão a todos e todos são obrigados a vir em auxílio. Isto foi a a garantia de segurança da Europa desde a Segunda Guerra , e se o território era Europeu o músculo sempre foi Americano. Ora na altura em que há vizinho tão medonho como o Putin , ver o Presidente americano dizer que pertencer à Nato não garante ajuda em caso de ataque é desconcertante, especialmente para os países Bálticos que ainda se lembram dos soviéticos e têm o Urso mesmo à porta de casa  . As operações na Ucrânia foram muito elucidativas e preparam-se novas guerras , esperamos que não saiam da fase de preparação.

Quanto a deportar milhões de ilegais , não vai acontecer não só pelos enormes obstáculos legais e logísticos mas por razões mais prosaicas. Um dos meus amigos que votou Trump dizia-me uma vez , já um bocado inflamado e com os copos , referindo-se aos brancos protestantes anglo saxões , ou wasps : “fomos nós que construímos este país!!” Ao que eu respondi que sim , é verdade , mas quem faz a manutenção são eles.

Há um filme brilhante chamado “A Day Without a Mexican” , em que a cidade de Los Angeles acorda sem mexicanos , e é inacreditável , infelizmente não foi suficientemente visto ou as pessoas não perceberam. O Trump prometeu tornar a América grande outra vez. O outra vez implica que a dado momento da História foi grande e depois deixou de o ser. Rejeito isso , com essa linha o Trump convenceu milhões de velhotes nostálgicos de uma América que já não volta , tal como a própria juventude. Uma enorme percentagem das pessoas que diz ter saudade do passado não tem , tem saudade é da juventude, são coisas distintas.

A América continua a ser um grande país ,  não só geograficamente , e tem nestes quatro anos que entram em Janeiro oportunidade para mostrar que essa  grandeza  ultrapassa qualquer homem , partido ou ideologia . Convém recordar que a reeleição do Bush jr era a antecâmara do Apocalipse e os americanos foram declarados incapazes em geral. Depois votaram massivamente no Obama , duas vezes seguidas, já eram pessoas normais outra vez. Ontem, se tivessem votado Hillary tinham mostrado maturidade  , como foi ao contrário são uns burros irredimíveis. Preocupemo-nos mais com o esclarecimento no nosso eleitorado , com a alfabetização da nossa população , com a qualidade da comunicação social e com as retóricas dos nossos políticos antes de criticar as dos outros.

Vão ser sem dúvida anos interessantes.

Anúncios

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s