Início » Política » Radicalizei-me

Radicalizei-me

Para alguém que passou que tempos a ralhar aqui contra extremismos e radicalismos e a exaltar as virtudes da moderação e do centro , vir agora dizer que apoia um (eventual) partido libertário , que defende a redução do Estado à mínima expressão e o primado absoluto do Indivíduo sobre qualquer espécie de colectivismo é um bocado forte.

Se calhar é por estar a atingir um limite de nojo pelo Estado, seus proprietários e protagonistas e pelos seus mecanismos . Se calhar é porque afinal também na política o sonho deve comandar a vida e é preciso pensar no que é mas com referência ao que podia ser. O que não me faz muito diferente de um comunista que diz que só pensa na ditadura do proletariado e na sociedade sem classes como referência e não como um objectivo concreto , atingível e desejável na sua realização plena .

Entretanto arranco para o Índico e para outro mundo onde estas coisas não interessam nada.

Anúncios

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s