Início » Uncategorized » O Dia mais Longo

O Dia mais Longo

Quando saímos de Le Castella estavam ancorados e a ancorar meia dúzia de veleiros , sem dúvida com destino à Grécia ou ao Adriático , parados ao abrigo do cabo Rizutto à espera do vento fresco de Noroeste que estava para entrar. A minha razão para não esperar era que com o vento NW , mesmo força 7 , dava para fazer rumo NE , o que eu queria.

90% dos barcos deste tamanho são construídos para aguentar força 9 e 10 se não tiverem um imbecil aos comandos , e faz-me pena ver os números imensos de  cruzeiristas que investem centenas de milhar em barcos de alto mar que nunca saem em mais do que uma brisa fresca , que é um bocado como comprar um Porsche e nunca andar em quarta a fundo ou um Land Rover que nunca sai do alcatrão.Não só é  um desperdício de potencial como  as pessoas falham a experiência de navegar  em tempo rijo, talvez me engane mas  acho que se uma pessoa diz que gosta de mar e navegação de alto mar e é dedicada devia também estar pronta para apreciar as partes difíceis , mas não.

Adiante , assim que entrámos no golfo de Taranto entrou então  o noroeste rijo e disparámos a 9 e 10 nós , dois rizos nas velas e uma bolina folgada , ainda assim uma coisa bastante impressionante e que não deixa dormir ninguém, muito barulho , muito balanço , muito tranco.Comecei logo a pensar que se calhar não tinha sido assim tão boa ideia porque é sabido que quanto mais fresco o tempo mais probabilidade de alguma coisa ceder , não temia nada de grave e o progresso era grande mas temo sempre a clássica merdinha sem jeito nenhum que me faz um risco , rompe um cabo, entorta um balaústre , mil coisas que depois me enchem a lista de excepções e retiram o brilho. Passou-se bem , o problema foi que depois da noite toda naquilo pensava , convencido pelo prognóstico que tinha , que dobrado o cabo  Santa Maria de Leuca  pela alvorada o vento amainava , mas não , continuou de Noroeste , e eu depois desse cabo , sem ser por acaso, queria ir para Noroeste. Lá tivemos que fazer  mais umas horas boas   direitos à  Albânia  ( outro país miserável e medonho ,  governado durante décadas por comunistas que os comunistas contemporâneos convenientemente  esqueceram) , até poder finalmente entrar no rumo certo e começar a subir o Adriático.

Entrámos em Split na madrugada do dia 21, o mais longo e o primeiro do Verão , dia auspicioso para uma chegada.A maior parte do dia foi passada a trabalhar no barco , eu já tinha visto Split e o Ricardo vai cá passar uma semana pelo que  a prioridade era limpar o barco o mais cedo possível , nem comemos fora  , todo o dia comemos da nossa despensa e as comidas habituais eos restos da viagem , coisa que nem toda a gente tolera depois de 11 dias no mar e com tudo ali ao lado. Ao fim do dia já só faltavam pormenores, fui à bomba de gasolina ali ao pé buscar  meia dúzia de latas de cerveja das grandes e ali ficámos , e ficámos muito bem porque era Domingo , o barco amarrado no passeio marítimo e a fina flor da juventude Croata a ir e a vir da praia que há ali ao pé , podia passar horas naquilo , a vê-las passar , é simplesmente impressionante , esta terra . Ás 8 da noite , depois de um jantar semelhante  aos quinze jantares anteriores achámos que o melhor era dormir uma sesta e depois às dez e meia ir encontrar um antrozinho qualquer para celebrar a chegada como deve ser mas  acordámos às 9 da manhã . Quando o corpo precisa , precisa mesmo.

O barco ficou pronto ao fim da manhã  , fui passear pela praia e encontrar uma amiga que conheci da última vez , lá estava no seu salão de cabeleireiro um bocado surreal , bem disposta e cheia de energia como sempre. Tinha acabado de chegar outra amiga de Zagreb , fomos para a esplanada mais bonita das redondezas beber umas e outras e apreciar o dia glorioso , o Verão chegou em esplendor. Era feriado , as amigas só sabiam que eram o “dia do antifascismo” , a mim parece-me bem celebrar o anti fascismo , e promovê-lo , e melhor ainda me parece aumentar a consciência dos fascismos que andam por aí disfarçados de outra coisa qualquer , a Rússia e a Venezuela vieram-me à ideia mas não era altura de falar de política , bastava bem ir bebendo e brindando à morte ao fascismo , genericamente . Convidei-as para jantar , não com quaisquer desígnios ou segundas intenções mas porque de vez em quando sabe bem um jantar num restaurante bom e com boa companhia. Voltei ao barco para mudar de roupa e descansar um bocado mas encontrei o skipper de outro 450 que chegou depois de mim , sentámos-nos a falar de trabalho e a beber copos e quando dei por mim eram oito horas e já estava com o que em vários sítios se chama uma narsa valente. Avisei as moças que estava atrasado  , lá atravessei outra vez meia cidade para ir ao mesmo restaurante da última vez comer a mesma coisa , a comida fez-me recuperar a forma mas não o suficiente , um gajo não pode esperar passar  a manhã a trabalhar e a tarde toda a beber ao sol , andar meia dúzia de quilómetros e depois esperar ter energia para ainda ir para “a noite” .

Estou a escrever isto no barco , à espera que o director da base o venha inspeccionar com os técnicos e  e assinar os papéis, a lista de excepções tem um pontinho insignificante , demorei menos cinco dias , fiz menos 60 horas de motor , tive 75% das despesas da última , o barco até brilha , estava pronto para um Salão Náutico e até os bilhetes de regresso a Lisboa foram muito mais baratos que da última vez. Se juntar a isso o facto de ter chegado primeiro que todos da leva de 4 idênticos que saíram de Les Sables para cá, foi um triunfo em toda a linha , menos na linha final do recibo de pagamento mas as coisas são como são.

Ainda não é desta que aprecio a Croácia em condições , ainda por cima sendo Verão isto só dá vontade de ficar cá , mas não pode ser , como de costume não sei quando é que tenho outro barco , tenho que me precaver para uma espera longa. Daqui vou para o aeroporto , voo para Zagreb e de lá para Lisboa, na Quinta à tarde já estou em casa com o meu cão.

Anúncios

One thought on “O Dia mais Longo

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s