Início » Uncategorized » Regresso

Regresso

Ainda estava em Lisboa  à espera de voltar a casa e já estava a organizar a próxima viagem , vou fazer exactamente a mesma coisa , barco , origem e destino igual , daqui por quinze dias.

O patrão tinha-me dito que havia essa possibilidade mas eu só costumo acreditar  nessas  coisas quando as vejo , não era a primeira vez que ele me acenava com possibilidades de trabalho que depois se evaporavam. Estou outra vez à procura de tripulação , não consegui enganar o Miguel duas vezes seguidas , isto de fazer pessoal qualificado trabalhar para mim à borla só pelas viagens e despesas não se consegue manter indefinidamente…

Voltei na Sata , que continua a ter um serviço superior à nossa querida TAP , companhia que parte dos pilotos se está a encarregar de liquidar , levando junto com eles dezenas de milhões em prejuízos para o turismo nacional e mais o resto todo. Sobre isto , duas coisas: a primeira é que não culpo os pilotos , sindicalizados ou não , pela situação actual da TAP , mas isso não invalida que fazerem assim 10 dias de greve por motivos exclusivamente corporativos , defendendo a privatização se um pedaço da empresa for para eles ,   é muito mais parte do problema do que da solução. A segunda é que , como se calhar viram na TV , há um piloto que também é consultor do sindicato , desde que é consultor já cobrou perto de um milhão em honorários e só o planeamento desta greve já lhe rendeu uns cem mil. Este gajo  usa um nome quando é piloto da TAP e outro quando é consultor do sindicato , isto para mim é suficiente para revelar o seu carácter , idoneidade , métodos e motivações  .

O voo da manhã da SATA para Ponta Delgada estava meio , deve ter alguma coisa a ver com o facto de haver um da Ryanair à mesma hora. À chegada a Ponta Delgada estivemos quase meia hora dentro do avião à espera de escada para desembarcar, a Ryanair deve ter chegado primeiro e só há uma escada. O voo seguinte , para a Horta e depois para as Flores , estava talvez a um terço , a Ocidente ainda não se materializa a grande invasão de turistas.

Cheguei com um dia lindo e encontrei as coisas melhor do que esperava , mas eu também mantenho as expectativas baixas. O cão ficou louco durante uns minutos bons , está óptimo tirando  umas marcas no pescoço. Ele usa uma coleira de metal , costumo tê-la com os elos bastante largos mas nos primeiros dias da minha ausência ele fugia todos os dias , e tiraram-lhe um dos elos , ficou muito justa e num momento de mais fúria magoou o pescoço . Não comeu bicho nenhum nem brigou com outros cães , que eu saiba , e uma vez  andou fugido e foi encontrado encharcado e todo enlameado em cima da minha cama  .

Uma das cordeiras não sobreviveu , era a mais fraquinha e era a primeira cria daquela ovelha , não sei se eu estivesse cá ia ter conseguido fazer alguma coisa, acontece. Estão todas felizes da vida , os borregos estão gordos mas ainda têm mais um mesinho antes de serem desmamados. As galinhas afinal são só duas porque o terceiro elemento afinal é  um galo, acho que vou oferecê-lo a alguém , ou convidar alguém para uma churrascada , eu ofereço a grelha e o galo , vivo , e alguém se encarrega do resto. O  galinheiro está-se a desconjuntar , ninguém calcula o jeitinho que tenho para a bricolage, vou ter que re-pensar aquilo.

A  horta sobreviveu , tenho umas couves bonitas , amanhã vou apanhar umas folhas para a sopa , acho que vou marcar uma sessão solene para esse almoço porque vai ser a primeira vez que vou comer alguma coisa cultivada por mim desde a semente, é um momento importante. As cebolas também progridem , mais ou menos ,  e também tenho batatas , cultivar batatas num quintal deve ser das actividades  mais ineficientes que há , gastar vinte horas para cultivar uma quantidade de batatas que se compra por  cinco  euros.

Tinha umas cartinhas da Autoridade Tributária , sempre a correspondência menos desejada , uma era para pagar o IMI , tinha ideia que as propriedades de valor inferior a 60 mil euros estavam isentas mas isso deve ter acabado. Tenho uma terra que está avaliada em  7,67€ e paga 0,06€ de IMI , não lhes escapa nada. Outra cobrança é relativa a uma empresa que criei há uns anos e encerrou actividade. Uma empresa cuja existência nunca saiu do papel , nunca comprou , vendeu nem produziu nada mas de certeza que isso não é o critério, devo dever ao Estado alguma coisa por esses meses em que essa empresa teve existência legal , mesmo que essa tenha sido a única forma de existência.

Tenho desde ontem um pombo dentro de casa , o imbecil não consegue de maneira nenhuma encontrar a porta ou as janelas , às vezes esvoaça por aqui , o Rofe passa-se da cabeça atrás dele e  é penas , pó , merda de pombo em cima das coisas , móveis virados e o raio.

E é isto , agora vou-me entreter a mondar para aproveitar outro dia bom e mais para o fim da tarde vou  até ao porto ver as novas chegadas .É muito bom estar de volta a casa , estes dez dias vão passar de repente.

Anúncios

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s