Início » Barcos » Adra

Adra

 A escala em Ayamonte serviu para resolver os problemas técnicos , ou pelo menos controlá-los , questão de cabos dos rizos , capas de velas e outras minudências que aparecem sempre quando se passa muito tempo com ventos fortes e mares de proa. Conhecemos lá um português , daquelas pessoas que interpelamos num bar com uma pergunta simples e trivial e passados 2 minutos nos estão a contar a vida toda , incluindo mostrar fotos da namorada e dos filhos da namorada. Sempre achei isso despropositado e nunca tive paciência para aturar essas pessoas , mesmo que por uns minutos .

A poucas milhas da  saída do porto veio fiscalizar-nos uma lancha da Guardia Civil , naquelas águas têm trabalho com fartura a tentar controlar as importações de Marrocos . Não chegaram a abordar-nos , ficaram satisfeitos com as informações e as respostas que lhes dei e abalaram outra vez a grande velocidade. Passámos o Cabo Trafalgar pelo fim da noite , sítio que gosto de  assinalar  sempre que lá passo , lembrar a que foi uma das mais importantes batalhas navais da História que selou o destino do Napoleão e a supremacia incontestada dos Ingleses no mar durante séculos.

Vento Leste , o famoso levante que não só impede ou atrasa a navegação para Leste como pode transtornar a disposição e o humor das pessoas.  O Estreito , o Rochedo e a doca do combustível onde o gasóleo custa 57cêntimos o litro e o empregado se lembrava de mim. A última vez que lá passei foi há quase um ano ,  apreciei  que alguém que vê tantos barcos o dia todo se lembrasse de mim. Nem chegamos a pôr o pé em terra , depois de abastecer largámos logo de novo para encarar o levante e tentar sair do Mar de Alborán. Como a maor parte dos catamarans este tem uns ângulos de orça atrozes e uma deriva gigantesca , com vento de Leste só avança para NNE ou SSE , mais grau menos grau ,  decidi ir para Norte , porque no outro bordo íamos para a costa da Argélia que não só a apólice de seguro exclui muito claramente como é sitio onde não quero andar , nem perto. O plano era aproximar da costa da Andaluzia e segui-la até Almeria , a previsão que tinha dizia que o vento ia mesmo refrescar até aos 30 e mais nós mas ainda dava tempo para entrar em Almeria , lá esperar que passasse o pior e depois seguir para Leste quando passasse. Estava a umas 15 milhas de Almerimar , a motor com mar calmo , a pensar nos encantos de Almeria , que os terá , e no que é que Almeria terá de comum com Almeirim , quando do nada o vento se levantou para os 30 nós , para quem não está familiarizado com a unidade de medida pode dizer-se que é uma ventania. Ia demorar o resto do dia para cobrir as 15 milhas , e em condições difíceis , providencialmente ali a 4 milhas directamente a Norte fica Adra , terra da qual eu nunca ouvira falar mas que tem um porto , e arribámos a Adra.

DSCF0042Comuniquei a decisão ao patrão que me respondeu com a mesma mensagem das últimas seis vezes , estou a contar quantas vezes seguidas vou receber a mesma mensagem : ok . Subimos  ao bar do Real Clube Náutico onde passámos o resto da tarde a aproveitar esta admirável tradição espanhola de trazer tapas de cada vez que se pede uma imperial e assim o problema do jantar resolveu-se sozinho. Saímos do clube já bastante dinâmicos , dispostos a explorar a terreola , fosse a herança arqueológica fenícia ou bares cheios  , o que aparecesse primeiro. Para um Domingo numa terra tão pequena a coisa não se passou nada mal , antes pelo contrário , foi uma noite à moda antiga incluindo decisões que não terão sido as mais  sensatas mas tiveram muita  piada.

Hoje é mais um dia em Adra à espera que o levante abrande e a ver se acontece alguma coisa.

Há dois hábitos que tenho no mar há muitos anos , acho que desde sempre, o primeiro é pedir  um desejo de cada vez que vejo uma estrela cadente , já vi dezenas e o desejo foi sempre realizado , é sempre o mesmo : chegar a bom porto de barco e tripulação sã e salva. O outro hábito é de cada vez que me aproximo de uma barra ou canal pensar que naquele porto vai acontecer alguma coisa que me vai mudar a vida. Não sei se vai ser em  Adra , mas é sempre possível.

Anúncios

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s