Início » animais » Sobre pintos

Sobre pintos

Falemos de pintos , não no sentido que os brasileiros costumam dar à palavra mas sim de galináceos .

Comprei três , pedrezes , que é suposto ser uma raça muito produtiva, foram três porque só duas era um bocado ridículo e com quatro já era capaz de começar a ter mais ovos do que preciso , se uma galinha puser um ovo por dia . Não sei se é esse o caso , não fui pesquisar sobre o rendimento das galinhas , sei que depende de uma data de variáveis e que só preciso de dois ovos por dia.

Custaram €2.75 cada uma , também não foi pelo preço que fiquei com 3 em vez de 6 ou 7 , que dão o mesmo trabalho , foi mesmo por não querer ter ovos a mais , se houver mais um ou dois ainda os posso dar ao cão , mas se tivesse comprado meia dúzia de galinhas podia ser demais . Noutros sítios os vizinhos podiam achar simpático se eu lhes fosse oferecer uma dúzia de ovos , aqui riam-se porque toda a gente tem as suas galinhas .

IMG_20100119_224706

Estão quase há 15 dias numa caixa de cartão na arrecadação , com uma lâmpada de aquecimento porque ainda não têm penas que cheguem . Comprei-os na Associação de Agricultores , estava para perguntar à menina que mas vendeu há quanto tempo tinham sido desmamados mas ela podia achar que eu era cretino em vez de ver logo que estava a brincar , perguntei-lhe só se a lâmpada era para ficar sempre acesa e se sim , como é que os pintos dormiam. Isto já era uma pergunta a sério mas acho que essa questão nunca lhe tinha passado pela cabeça , disse que achava que sim , que dormiam com a luz acesa. Não é que eu esteja preocupado com a regularidade dos ciclos de sono das galinhas mas tinha curiosidade. Depois disso já soube que a luz se usa nos aviários não só para aquecer os pintos como para convencer as galinhas que está sempre na hora de pôr ovos , têm tipo 4 ou 5 manhãs por dia. Em minha casa não , não tenho paciência nenhuma para PETAs e outros fanatismos mas os meus animais têm que ter vidinhas decentes.

Esta é a segunda tentativa , a primeira já foi há coisa de dois anos , um amigo tinha uma capoeira há meses em auto gestão , não queria saber daquilo para nada e disse-me que podia apanhar o que quisesse, apanhei quatro pintos , o Rofe foi lá na semana seguinte e apanhou oito ou mais galinhas , ainda bem que a capoeira estava em liquidação total , senão tinha que o indemnizar.

O galinheiro que tinha construído nessa altura não previa os furões , que lá entraram e deram conta dos pintos todos . Os furões são bichos que se conseguem infiltrar pelos buracos mais pequenos, e se não há buracos eles cavam-nos , havendo do outro lado uma galinha ou outra presa qualquer . Com a febre hemorrágica que continua a dizimar os coelhos bravos da ilha os furões têm que se aventurar mais para encontrar comida , chegam-se mais perto das casas e as galinhas são as primeiras vítimas. O governo devia fazer alguma coisa .

O galinheiro novo tem fundações anti-furão , telhado vegetalizado e espaço suficiente , é um palácio comparado com as condições de vida da uns 95% das galinhas modernas que vivem e morrem encostadas umas às outras em baterias . Não me importava de as ter à solta mas depois tem que se andar à procura dos ovos e também o Rofe já tem desporto que chegue sem ter galinhas à solta pelo quintal , havia de ser bonito . Mandei vir um cachecol de um clube de futebol  da capital  para a decoração interior , têm um compartimento para porem os ovos , um poleiro e todas as outras amenidades que uma galinha pode desejar. Se tivessem a noção das coisas tinham a tranquilidade de saber que não vão acabar num tacho daqui a poucos meses , não sei quanto tempo dura uma galinha mas têm que ser uns anos bons , se depender de mim estas ficam aqui a pôr ovos até morrerem de velhas . 

2 thoughts on “Sobre pintos

  1. Atenção que quando elas começarem a produzir, vais enjoar tanto ovo: eu só tenho duas poedeiras, que certinhas põem 2 ovos todos os dias e se não cozinhar nenhum ovo durante semana (às vezes acontece…) chego ao sábado com 1 dúzia de ovos! E cá em casa somos 4, nunca fiz tanto leite-creme, pudim e sobremesas como agora; mais ovos cozidos, estrelados e afins!… Se bem que as minhas galinhas estão soltas num jardim de 1500m (o cão morreu há 2 anos), são as galinhas mais felizes, mansas, simpáticas, penso que elas quase que se acham humanas, pois se eu deixasse até para dentro de casa vinham!!! Quando por qualquer razão tenho que as fechar no galinheiro (para adubar ou dar química na relva) a produção cai de imediato e elas quase que parece que entram em depressão…

    Liked by 2 people

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s