Início » Sociedade » Já Podemos vender a TAP?

Já Podemos vender a TAP?

Nem uma pessoa habilitadíssima para isso como o cineasta António Pedro Vasconcelos conseguiu ainda explicar porque é que o Estado tem que ter uma companhia aérea , apesar de por alguma razão estar à frente dos protestos contra a privatização da TAP .

Se calhar é porque isto anda mau de subsídios para fazer filmes e ele tem que se ocupar , o Benfica é grande mas mesmo assim não chega para preencher a vida toda de um homem. Parece-me que um artista cuja produção e obra de uma vida inteira foi feita sem ter que se preocupar  com noções como “rentabilidade” , “eficiência” ou “serviço ao cliente” não será talvez a pessoa mais indicada para nos elucidar e ajudar a formar opinião sobre o funcionamento e perspectivas de uma companhia de transportes comercial , mas cá isto é mesmo assim . De certeza que o senhor se indignaria se ouvisse um leigo como eu a dizer que os filmes pagos pelo contribuinte deviam acabar já , e com razão  porque eu não sei nada de cinema nem de subsídios , mas ele não tem problema nenhum em explicar para as câmaras e jornais porque é que a TAP não se deve privatizar , com base na sua larga experiência como realizador de cinema  . Tem a sua piada .

Não basta dizer que “é inadmissível” , há que explicar porquê . Um começo seria dizer , por exemplo : “Olhem para a Inglaterra , que privatizou a companhia aérea nacional e hoje em dia é um estado depauperado e ridículo onde ninguém voa sem grandes dificuldades e custos e as comunidades britânicas no mundo estão isoladas e abandonadas , já viram o resultado que deu?” Ou talvez : “Olhem para a Bélgica , que tanto dinheiro público enterrou na Sabena , a companhia aérea nacional , e não a quis privatizar até que fechou , e agora os Belgas não voam para lado nenhum e ninguém chega à Bélgica sem ser de carro “ . O Chipre encerrou a sua companhia aérea de bandeira mas se eu quiser ir para a semana passar 15 dias a  Larnaca vou e venho por 283€ , era quase o que a nossa TAP cobrava para uma ida e volta de  Lisboa a S.Miguel antes da chegada da easyjet e ryanair por esta gente toda em sentido .

Desconfio que o realizador deve ter familiares a trabalhar na TAP e por isso leva aquilo tão a peito , os únicos que serão eventualmente prejudicados com a privatização serão alguns trabalhadores que vão ser despedidos , isto infelizmente acontece todos os dias no sector privado mas isso não indigna  tanto cineastas  a ponto de saírem à rua , a TAP sim , até porque ao fim de tantos anos a correr o mundo com a TAP uma pessoa ganha um certo afecto. É um sentimentalismo bonito  mas não invalida a realidade : a esmagadora maioria dos portugueses não voa tanto como os realizadores de cinema , actores e escritores famosos e apreciava que parasse o verter de milhões em impostos para manter a TAP a voar e os sindicatos sossegados. Eu sei , deve ser mais agradável para o Miguel Sousa Tavares , por exemplo , ser tratado pelo nome e apajado com a deferência devida a uma celebridade na primeira classe da TAP do que ser mais um na Air France , mas não temos culpa disso.

Uma das maravilhas da nossa época é a facilidade de convocar protestos e criar movimentos , mesmo que a maioria acabe num pfffffff de uma dúzia . Mandaram-me o convite no facebook para me juntar ao protesto contra a privatização que culminou na manifestação de Sábado passado no aeroporto, calculo que tivesse sido um convite enviado em massa , a pessoa que mo mandou devia saber que eu marchava na primeira linha mas era a exigir  a privatização ou encerramento . Fui lá ver , já havia 2500 pessoas que  diziam ir  manifestar-se à Portela , eu escrevi lá este comentário  : ”Espero que encham a avenida até ao Relógio , falhando isso , se aparecerem 100 pessoas como de costume nestas coisas , espero que fique claro de uma vez por todas que é uma minoria ínfima que contesta a venda”. O comentário foi eliminado num minuto , coisa que não me surpreendeu nada , já me vou habituando ao modo de operação e valores destes movimentos sociais . Não TAP os olhos , se você é a favor da privatização é uma besta.

Fui procurar notícias da manifestação , não só não ocuparam a avenida até ao Relógio ou perto bloqueando os acessos e mostrando assim que realmente há muita gente que não é empregado nem figura pública ( e passageiro frequente) que está contra a venda da TAP , como couberam todos quase no passeio sem sequer estorvar o trânsito , eram “centenas” .

Quer-me parecer que centenas de manifestantes , mesmo que esticássemos as medidas e a credulidade ao máximo e admitíssemos que eram 900 , não podem querer representar o povo , lamento. Se é isto o descontentamento popular perante a venda , estamos conversados. Quando há coisas que realmente importam e preocupam as pessoas que querem mostrar o que sentem e protestar contra o que não querem , as pessoas aparecem , veja-se Madrid no mesmo fim de semana. Se o assunto é inflado pelos egos de gente famosa e só serve as agendas dos protestantes profissionais  , se as pessoas não se convencem de que realmente isto ou aquilo é dramático ou inadmissível , aparecem “centenas” .

Posto isto e ficando demonstrada a intensidade máxima dos protestos populares anti privatização , espero sinceramente que admitam que afinal as pessoas não exigem uma companhia aérea estatal e que parem de nos moer a cabeça com delírios sobre a importância de manter a “jóia da coroa” nas mãos do Estado. Sim , podemos vender a TAP e amanhã já era tarde.

Anúncios

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s