É sempre assim , um gajo passa meses sem ouvir nenhuma notícia de nenhum barco, sem saber de nada,  a pensar que se calhar desta é que se acabou, depois aparece uma viagem e logo a seguir aparecem mais 3. 

Ainda estou em Lisboa e o próximo barco já leva 14 dias de atraso , pelo que hoje , com muitíssima pena , tive que dizer ao dono do outro barco que está na Sardenha que não vou voltar a tempo de o levar para a Grécia a tempo lá das férias dele e da família. Ainda bem que não cheguei a convidar ninguém para essa viagem , mesmo  quando a culpa não é minha não gosto nada de desapontar as pessoas. 

Impressões da vida urbana  , dá-me a volta a cabeça a maneira como a Humanidade está a evoluir para um estado em que quase todas as pessoas caminham pela rua de cabeça baixa e olhar fixo num ecranzinho , como grupos de miúdos se sentam pelos parques e muros e vãos de escada para falarem uns com os outros via o mesmo ecranzinho , como me parece que metade dos automobilistas conduz a mandar mensagens ou a actualizar o seu estado ou lá o que é , como casais se sentam à mesa num restaurante e cada um saca do seu telefone e conseguem passar uma refeição com um olho no burro e outro no cigano , ou seja , com um olho no écran e outro na pessoa com quem estão. Dá-me arrepios , eu sei que todos os velhos se queixam dos hábitos da geração que os precede , mas isto é transversal às idades todas , é como se toda a gente estivesse à espera que a salvação , a felicidade e a realização estivessem a ponto de chegar por alguma informação que vai aparecer no écran entretanto .  No outro dia li sobre uma moça na América que se enfaixou debaixo de um camião e acabou ali , estava a actualizar o seu facebook a dizer que “a música do Pharrel deixa-me mesmo feliz”  e perdeu o controlo do carro. Sofre-se e morre-se por estas merdas . 

Gosto muito desta cidade , gosto de ver os meus amigos , gosto de ver gente e gente e gente , mas já faz quinze dias que cheguei e começo a ficar com vontade de me ir embora . Não quero voltar para a ilha , ainda não , o meu cão vai ter que  se aguentar , mas tenho uma vontade enorme de me ir embora , e não parar de me ir embora de todos os sítios onde chegue , voltar a passar a vida de um lado para o outro até ao dia em que … nem sei. 

 

 

 

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s