Lamento ter-vos tentado a paciencia com o arrastar das minhas magoas em publico, foi pouco dignificante para nao dizer patetico.Felizmente aqui ha a possiblidade de voltar atras e eliminar aquilo de que nao gostamos.Ainda assim, e’ sabido que a magoa que nao fala murmura ao coracao cansado a dizer -lhe que quebre, pelo que me fez certo bem falar,mas agora tenho que me encontrar e reconciliar -me comigo mesmo, trabalho longo para ser feito sozinho e calado. Dias bons necessariamente virao, e ca voltarei nessa altura.

Desculpem a falta de acentos

6 thoughts on “

  1. “Essas merdas ” ‘e uma categoria abrangente demais. Nao tenho vergonha de me ter apaixonado, nao tenho vergonha de ter corrido mal nem tenho vergonha do que estou a passar, mas ‘e diferente ter vergonha e nao querer falar sobre isso “em publico ” . E convenhamos que, com ou sem vergonha, um homem expor -se enquanto se desmonta todo nao ‘e muito….dignificante. Abracos

    Gostar

Deixe uma Resposta para J.Ventura Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s