Início » Uncategorized » Ecuador

Ecuador

Cheguei a Puerto Lucia antes do que estimava porque esta manhã decidi aproveitar o mar chão da Baía de Salinas e dar-lhe mango com os dois motores às 2500 , fazíamos 9 nós . Foi para evitar entrar de noite e porque por volta das 500 horas é bom rodar os motores a alta rotação , limpar-lhe as entranhas. Isso e porque o preço do gasóleo não me  afecta nada e ainda havia bastante.
Além do vento e da corrente serem sempre contra e de começar a estar frio o pior desta perna da viagem foram  os pescadores que favorecem  técnicas stealth , espalham milhas de linhas com anzóis e sem luz  , Às vezes a 30 milhas da costa , e tendem a só ligar as luzes das lanchas  quando lhes estamos quase a passar por cima. É um autêntico bloqueio da costa ,  faz com que os quartos de vigia sejam trabalho sério e às vezes faz rogar pragas  aos pescadores. À noite claro que é muito pior, e estou-me sempre a lembrar que a maneira lógica de fazer esta viagem é ir primeiro às Galápagos ou mais oeste ainda e depois aproximar de Lima vindo de Noroeste , mas há sempre os horários e os prazos e gente para a qual uma ou duas toneladas de gasóleo não fazem diferença nenhuma.
Estive aqui em 2008  e sinceramente não tenho grande coisa a acrescentar , excepto que os preços subiram. Talvez  La Libertad não seja a miséria que era em 2008 , não faço conta de ir lá ver. O yate club continua a cobrar preços de Palm Beach por um escombro sem condições de espécie nenhuma onde levámos uma hora a amarrar com um módico de segurança , com âncora fora e tudo. Não tenho nada contra as marinas velhas e manhosas , agora não me lixem , os preços têm que corresponder , especialmente num ermo como este.
Já veio a agente , a polícia e a marinha , assinei 27 páginas ( contei-as) , felizmente já preenchidas pelo agente , e maravilho-me sempre com o nível de idiotia burocrática altíssimo que faz com que um veleiro particular tenha que preencher os mesmos formulários que um porta contentores. E já agora , se me vão continuar a mandar agentes da alfândega a bordo , ao menos que façam alguma coisa , dêm uma vista de olhos , façam de conta que se interessam, uma perguntinha que seja. Na Europa e nos EU se a alfândega sobe a bordo é porque tem um assunto a tratar , a sério. Nem sempre acontece. Aqui acontece sempre mas é só mesmo uma presença e a esperança de uma gorjeta.
Estamos então pendentes da tal tonelada de gasóleo ( 450 galões , mais exactamente  quase duas) para amanhã , e ala que se faz tarde. Espero chegar a Callao dia 20. Desde que chegue a 22 está tudo bem. Ahí , no mas.

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s