Início » casamento gay » Casamento Gay

Casamento Gay

Tenho um bom amigo e vizinho Belga , visito-o frequentemente e às vezes olhamos um bocado para os canais franceses que ele vê. Ontem apareceu no noticiário uma personagem irreal chamada Frigide Barjot que no meio de um bando de manifestantes exaltado produziu discurso que eu não segui bem porque não conseguia parar de me rir , especialmente quando o meu amigo me informou que a dona Frigide foi atriz porno mas depois converteu-se ao catolicismo direitista de linha dura e é activista em causas políticas .
Passou-se para imagens de manifestações de centenas de milhar em Paris , motins , cargas de polícia de choque , enfim , parecia a verdadeira convulsão social . Soube então que aquela comoção e desordem toda  era por causa do casamento gay. A extrema direita , com nomes e figuras de uma dignidade comparável à Frigide Barjot ( só ouvir o pivot das notícias a tratá-la assim desmanchava-me a rir) é violentamente oposta à possibilidade de casamento para duas pessoas do mesmo sexo , a extrema esquerda apoia convictamente e entre mortos e feridos alguém há-de escapar. 
Aqui há 2 uns anos regressei a Portugal e vi uma notícia sobre um casal de lésbicas , casal formal , e pensei , olha , querem ver que em Portugal o casamento gay já é legal e eu nem tinha reparado?
Pois é, foi legalizado em 2010 , e eu agora peço aquelas pessoas que nos anunciavam o Armagedão , a devastação irreversível da Moral e Bons Costumes , a Perversão dos Princípios orientadores do Estado e da Sociedade e todos os outros dramas que íamos sofrer e causar por permitir a duas pessoas do mesmo sexo constituir uma família , peço a essas pessoas que me mostrem o dano causado.
Então? Não dizem nada? Apontem-me lá o sofrimento e problemas que todos esses gays casados estão a trazer a Portugal , vá. Hã? Não lhes ocorre nenhum? Caramba , para um assunto que desperta tanta raiva , esperava-se que 3 anos depois de abrirmos a caixa de Pandora e lançarmos às malvas  a nossa moral fundadora os resultados desse desastre estariam visíveis.Onde é que estão as queixas , onde é que estão os cidadãos lesados , a liberdade ameaçada , as fracturas sociais? Não me digam que afinal não havia problema nenhum , era uma tempestade num copo de água e a vida continuou como dantes. Ou não?
Pois é , não há drama nenhum , apenas ( nalguma coisa tinha que ser) nos juntámos a países mais avançados que acreditam que o Estado não deve cercear a liberdade das pessoas para serem felizes só por causa da orientação sexual. A França , a pátria da Igualdade e blá blá blá , anda à porrada com a polícia de choque na rua porque boa parte dela está ofendida e tem medo que os gays se casem , como se não houvesse verdadeiros problemas para resolver.Ó paciência….
Ps: Este indivíduo escreveu um pretenso epitáfio reles  à Margaret  Thatcher , dizendo que “Thatcher foi caso único de taxista a quem foi dada a possibilidade de efectivamente governar um país.” .
Deve estar contentíssimo porque a  um motorista de autocarro , dos verdadeiros , foi agora dada a possibilidade de governar  a Venezuela. Tudo indica que vai correr bem.

Para gajos como este e o Soares , podem ver aqui , se souberem inglês , a desmontagem factual de dez mitos da esquerda sobre a senhora Thatcher.

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s