Início » Uncategorized » Parque Escolar

Parque Escolar

Esta aberração luta com as PPP’s pela distinção de programa mais emblemático do último governo. Vão-se revelando os pormenores e contas desta empresa , como os 90% de aumento com custos de pessoal no último ano , os ajustes directos , as obras luxuosas como a da António Arroio , os equipamentos caríssimos. Se uma empresa de compras do estado equipa escolas com computadores a 800€ quando qualquer pessoa entra numa loja e compra um por 400, estamos conversados sobre esta gente. Já se demitiram , muito escandalizados pela revelação pública da própria incompetência , despesismo e corrupção , o que para nós é fraco consolo , os milhões estão derretidos e o retorno é incerto .

A minha geração andou em escolas sem computadores , sem gimnodesportivos , sem cacifos , sem chãos de mármore e sem outras amenidades que o PS achou cruciais ao desenvolvimento académico dos alunos. O PS ainda hoje defende a Parque Escolar e o dr. Zorrinho diz que “tudo o que fizemos tinha justificação” , argumento já ouvido noutros meios mais ou menos dramáticos desde estádios de futebol ao Tribunal de Nuremberga. Tinha justificação , o que é diferente de essa ser aceitável ou válida.

Crescemos e aprendemos em escolas muito diferentes das de hoje , mas no entanto todos os que quisemos e fomos motivados , em casa e na escola , aprendemos o que precisávamos para a vida que levamos hoje. Não há prémios Nobel nem gestores de topo saídos da minha escola mas há dezenas de milhar de pessoas normais , cidadãos produtivos , qualificados e instruídos ,uns melhor outros pior , à medida do nosso país. Se um telhado mete água , se não há aquecimento , se não há cantina , é claro que o desempenho dos alunos se ressente. Passar daqui para a necessidade geral de renovar todas as escolas , muito vezes demolindo estruturas em bom estado , e só comprar do mais caro é do mais imbecil que já vi , é de novo rico deslumbrado que não faz ideia não só de onde vem o dinheiro como da relação real entre ambiente e desempenho. O PS acreditava (se calhar ainda acredita mas ninguém lhes pergunta) que escolas de luxo iam produzir alunos de luxo. Por mais contas que se façam sobre o aumento de produtividade de um aluno por estudar numa escola de luxo e se pudesse quantificar o investimento , duvido que fôssemos obter retornos correspondente aos gastos .

Havia muitas outras medidas que justificavam muito mais o investimento , como por exemplo proporcionar pequenos almoços nas cantinas , e se havia obras a fazer , que cada escola dissesse o que lhe fazia falta , em vez de virem os patos bravos de Lisboa dizer que aqui vai haver rampas de acesso , para ali vão 10 plasmas , 30 jardins novos , gimnodesportivos a granel e por aí além. Todos estes palhaços acham fundamental uma secundária ter um gimnodesportivo equipadíssimo , mas não lhes faz impressão que não haja estruturas para se fazerem Campeonatos Escolares regulares . O que lhes interessa é a infraestura , não é o que vai sair dela.
Se essa gente estivesse interessada na qualidade do Ensino e não em gerar negócios e exibir-se tinha pedido a cada escola que dissesse o que é que lhe fazia falta , e dava uma verba e autonomia à escola para a usar nas instalações. Isso tinha renovado o parque com muito menos dinheiro , primeiro porque se as escolas têm X para gastar e sabem bem do que precisam mesmo não vão andar a comprar computadores por 800€ nem a contratar meia dúzia de assessores e adjuntos novos. As escolas tinham contratado os empreiteiros locais à medida das necessidades em vez de 3 tubarões amigalhaços que ganham os “concursos” todos e depois vão empregar esses mesmos empreiteiros locais , pagando-lhes muito menos. Depois porque se tinha evitado a criação de mais uma empresa pública , que foi fiel ao modelo : trabalhou mal , desperdiçou oportunidades e recursos e deu prejuízo .

Fez-me lembrar um caso que tem semelhanças com este , no que diz respeito às construções de “luxo” : Existe uma associação chamada Raríssimas , dedicada a ajudar as crianças com doenças , precisamente, raríssimas . Piores que as doenças comuns quanto mais não seja porque são menos estudadas e compreendidas e as drogas para as tratar são naturalmente mais caras . A mãe de uma destas crianças , que morreu , criou essa associação e faz dela a sua luta , passando por conseguir uma casa para acolher , acompanhar e tratar as crianças raríssimas , e nasceu o projecto da “Casa dos Marcos” ( Marco era o nome do filho da senhora).

Ninguém pode ter nada contra este projecto , e até acho que deve receber apoio do Estado. Vi no outro dia uma entrevista da senhora a explicar que as obras estão paradas por falta de verba. Depois vi planos da casa e fotos das obras, só o terreno teve o valor de 2,5 milhões de euros e foi cedido pela câmara municipal, e o que eu pergunto é isto: Se se tivesse sido um bocadinho menos ambicioso , um tudo nada mais modesto , dado um pouco mais de atenção à relação meios/fins , não se poderia já ter a abençoada casinha a funcionar , alojando dignamente as crianças ? Era mesmo preciso aquilo tudo?

Tal como não acho que as crianças possam estudar decentemente num pré fabricado que mete água também não acho que se devessem pôr as crianças da Raríssimas onde coubessem , mas às vezes parece que as pessoas perdem a noção .

One thought on “Parque Escolar

  1. Pingback: Raríssimas, 2012 | Ave de Arribação

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s