Início » Uncategorized » 50 anos de PAC

50 anos de PAC

“A Europa Num Minuto” é um programa de rádio que dura isso mesmo , é transmitido na Antena 1 Açores e é propaganda da União Europeia. Hoje celebrava os 50 anos da PAC , “50 anos de segurança alimentar e espaços rurais vivos na Europa”.

É pacífico que a União Europeia proporcionou a Portugal 30 anos de um nível de vida muito superior às suas possibilidades , por isso vir agora ralhar contra a UE é um bocado mau. Apesar disso , acho que a PAC é um desastre inqualificável , e tem piada que se celebrem os 50 anos desta aberração no dia em que soube que além de haver um subsídio para ter ovelhas posso também ter um para as abater. A PAC em toda a sua racionalidade e esplendor.

Ao que os eurocratas chamam “segurança alimentar” chamo eu proteccionismo e dirigismo económico , barrando o acesso a produtos mais baratos de Africa ou da America do Sul e mantendo os preços dos alimentos artificialmente baixos à custa de subsídios , gastando fortunas para coisas fulcrais ao bem estar dos cidadãos como fazer com que as maçãs venham todas com 6cm de diâmetro ou coisa que o valha. Manter os espaços rurais “vivos” à custa de gastar biliões a pagar a agricultores para não produzir ou para produzir o que o mercado não quer a preços que o mercado não comporta também é muito esperto. Era interessante que os eurocratas perguntassem às pessoas que eles supostamente representam se acham que manter um “espaço rural vivo” merece o investimento colossal que foi feito ou se gostavam mais de melhores hospitais ou menos impostos , por exemplo . Esta do “espaço rural vivo” como objectivo ainda é mais engraçada quando se vê a distribuição dos subsídios da PAC: creio que uns 75% dos apoios vão para as grandes empresas agro industriais , uma maneira interessante de manter o espaço vivo e pitoresco , com a sua maquinaria gigante , latifúndios , overdoses de química e outras características da agricultura industrial. Ao mesmo tempo que se financiavam assim esses gigantes agrários impediam-se os pequenos agricultores de trabalhar , sufocando-os com regras e condicionamentos , pervertendo a liberdade de produzir o que se quisesse , escolhendo as culturas que lá em Bruxelas achavam indicadas. Cabe dizer que a PAC é obra e benefício da França , não é uma ideia saída “da Europa” . Dirigismo , estatismo e socialismo mais ou menos disfarçado, é a França no seu melhor.
Para o consumidor , sem dúvida muitíssimo grato por estar livre do horror de ter legumes de tamanhos diferentes e do medo constante de ter leite Argentino ou kiwis Marroquinos mais baratos , o principal resultado da PAC são os preços artificialmente baixos , que como só são possíveis por subsídios que vêm dos orçamentos de estado em última análise são pagos pelos contribuintes , e uma paisagem rural que está , pelo menos em Portugal , muito longe de estar viva .Não darem acesso à Europa a produtos agrícolas do terceiro mundo para depois gastarem milhões em auxílio humanitário também é muito inteligente.

Agora decidiram regular os galinheiros , quem produz ovos tem que ter 750cm2 por cada galinha , com uma cama , um poleiro e algo para desgastarem as unhas. Quem escreve estas regras não se incomoda muito se a dúzia de ovos dobrar de preço por causa desta intervenção , reclamada pelas galinhas há décadas , até porque devem estar a prever um apoio da PAC aos produtores de ovos , para que os contribuintes paguem aos produtores para terem galinhas felizes sem que os preços na loja subam demasiado. É com estas merdas que estes gajos se preocupam , com a União a tremer nas suas fundações , os mercados em queda livre , o desemprego a subir e a confiança dos cidadãos em colapso. Mas temos laranjas normalizadas , galinhas confortáveis e pagamos por um litro de leite na loja menos do que o que ele custa a produzir e levar ao mercad . Isto há-de fazer sentido para alguém.

3 thoughts on “50 anos de PAC

  1. o zeitgeist para além de ser os tais três filmes tb é um "movimento", tipo um inconsciente coletivo comum ao mundo. uma "coincidência". sem saber o que escreveste, escrevi mais ou menos sobre o mm tema…

    Gostar

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s