O telejornal da tarde da SIC abriu com uma conferência de imprensa em directo do Hospital da Luz. Há muitos Benfiquistas que pensam que o Hospital da Luz tem alguma coisa a ver com o SLB , coitados. Soubemos que o Eusébio tem uma pneumonia, está estável e foi visitado pela mulher e a filha e pelo Humberto Coelho. 3 minutos e meio de peça para nos dizer o que já sabíamos ontem e tem o interesse que tem. Acho o Eusébio uma figura simpática , mas como o próprio explicou há pouco tempo numa entrevista , a vida dele é o futebol e ele só sabe e só se interessa por futebol , nomeadamente o do Benfica. Nessa entrevista explicou também , com as suas razões , que não gosta do Sporting . Ninguém pensava o contrário e ninguém lho pode levar a mal , o Sporting também não gosta dele , não gostamos muito de acordos quebrados . Ninguém na minha geração viu jogar o Eusébio , o Eusébio nunca deu título nenhum a Portugal e os títulos do Benfica são do Benfica , por isso o homem é uma instituição , mas do Benfica.
Essa entrevista a que me referi aí teve muita piada , entre outras coisas o Eusébio fala dos seus irmãos engenheiros que mais ninguém nunca viu ou conheceu , aldraba um bocado ( a acreditar numa refutação minuciosa de um antigo companheiro que apareceu no número seguinte na revista) a história da sua passagem pelo Sporting de Lourenço Marques e , a minha preferida , diz que o seu pai foi jogador internacional por Moçambique , o que é um feito notável se nos lembrarmos que quando Moçambique finalmente teve uma Selecção já o próprio Eusébio estava quase na reforma.
As melhoras, apesar de ser o uber lampião é um grande Português .

Entretanto soube que a parte da EDP que ainda é do Estado vai ser vendida ao Estado Chinês . Não aos Brasileiros que são os nossos parceiros naturais e com quem interessa reforçar todo e qualquer laço . Não aos Alemães , com os quais naturalmente nos convém termos mais e e maiores interesses em comum para reforçar o que resta da relação Europeia. Não , escolheram os Chineses , pelo que “privatizamos” uma participação pública numa empresa vendendo-a a outro Estado , ainda por cima uma ditadura. Isto há-de ter alguma razão além dos números na proposta , mas eu não a descortino.

Uma frase de um ensaio muito bom de José Gil na última Visão:
“…já somos menos Portugueses do que éramos , sem termos ficado mais Europeus por isso”.

3 thoughts on “

  1. Curiosa, para mim, foi a reacção do BE e do PCP.Esperava solidariedade proletária e apoio ao grande desenvolvimento daquela grande e milenar nação. Ficaram-se pela crítica à DITADURA que por lá existe ! Da morte do grande líder da Coreia do Norte nem uma palavra !Sou "antigo" o suficiente para não me esquecer do que se ia tornando este país em 74/75.Um abraçoJoão GM

    Gostar

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s