Fui Sábado a Santa Cruz para buscar um amigo que vinha da Horta mas podia bem nem ter saído de casa porque passou uma frente fria que trouxe muita chuva e ventos de Oeste e o avião não podia aterrar, nem chegou a levantar da Horta.

Voltei ontem , ainda havia mais ou menos 30 nós , 70km/h de NNW , que é ao longo da pista e permite aterrar e levantar . Estava o aeroporto cheio porque no dia anterior como o avião não veio naturalmente não foi , e estavam os passageiros todos do dia anterior para embarcar.

O meu amigo veio ontem do hospital da Horta e vai hoje para o Hospital da Terceira , e isto podia-me causar perplexidade se eu não fosse português. São maleitas diferentes , mas é o mesmo paciente e o mesmo sistema de saúde , só que em especialidades distantes. Isto implica esta triangulação entre ilhas , e estas viagens são financiadas pelos impostos de todos. Ora eu acho inconcebível que haja restrições ao transporte dos doentes , porque senão as pessoas morrem , já assim é o que é, mas podem fazê-lo melhor e por vezes mais barato , como é patente no caso deste meu amigo: Tem que levantar outra credencial de viagem e consulta nas Flores , não pode seguir directamente para a Terceira como faria sentido. Isto é puramente administrativo e imbecil.Mais grave : a condição dele implica ter fluidos drenados regularmente , é relativa ao fígado. Isto tem sido feito cerca de 3 em 3 semanas. Ele está aqui , vai literalmente inchando e sentindo-se pior , chega a algum limite , passam-lhe o papel , vai passar 3 ou 4 dias à Horta , condicionado pelos voos não só para ele como para médicos e para medicamentos , e volta para as Flores. O procedimento não é cirúrgico , parece-me a mim , e tanto quanto sei um bom enfermeiro deve poder fazê-lo. Então nenhuma alminha se lembra de mandar o enfermeiro das Lajes ou de Santa Cruz à Horta ou onde for preciso aprender o processo , abastecer-se de materiais e fazê-lo regularmente cá? Mais conforto e qualidade de vida para o paciente ; mais qualificação para o enfermeiro ; nenhum tempo de internamento e 1/3 ou menos das despesas aéreas. Toda a gente ganha , isto é assim tão difícil ? Organizem-se pá!

Com certeza que os especialistas e conhecedores da àrea da saúde me podem apontar meia dúzia de razões pelas quais é mesmo difícil localizar e eliminar estas irracionalidades e ineficiências que custam milhões , eu lembro-me de uma , que é a relutância de muitos dos agentes em olhar para a saúde de um ponto de vista economicista , o que para mim é um erro tremendo que nos condena a situações destas multiplicadas por mil. Porque fazer as contas e ser economicista não equivale necessariamente a procurar lucro , equivale a procurar gastar melhor o dinheiro e ter melhores resultados , acho eu.

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s